16/03/2009

Zuzu Angel

Hoje na escola a gente assistiu a um filme que iria relatar os horrores da Guerra Fria, tendo como reflexo aqui no Brasil da ditadura. Eu sempre ouvia falar histórias e mais histórias sobre esse periodo, mas nunca tinha assistido a nenhum filme ou nada do tipo, o professor levou Zuzu Angel, eu achei o filme exepcional por contar como tudo acontece, as torturas, os ideiais de jovens univesitários que estavam iludidos pelo comunismo, enfim eu gostei da história e resolvi pesquisar um pouco pra postar aqui no blog, por que tudo que gosto quero dividir com vocês.

Zuzu Angel era uma estilista conceituada que teve o filho comunista morto por militares, a partir dai ela abriu os olhos para o que estava realmente acontecendo. O corpo do filho sumio sem deixa pista dos que havia acontecido, então ela decide fazer justiça com as próprias mãe e reune um dossie com provas e relatos que mostram o quanto esse sistema era sujo, mas ela sofre um 'acidente' antes de conseguir envia-lo aos EUA.


"Libertei-me da inquietação de não saber quem sou e de não saber até onde posso chegar. Agora, conheço melhor as pessoas e reconheço também a minha força". Zuleika Angel Jones


Zuzu Angel morreu em um acidente com o seu Karman-Guia, aos 55 anos, no Rio de Janeiro. Seu nome figurava na relação exclusiva dos grandes criadores. Sabia até onde poderia chegar em termos profissionais, mas havia também tomado uma decisão inabalável: mais do que qualquer coisa, era e seria sempre a mãe de um jovem filho único desaparecido. Viveria sempre para honrar a sua memória, e lutar para que outros jovens não tivessem o mesmo destino.


Pela causa de Stuart Edgar Angel Jones, Zuzu havia entregue em mãos ao Secretário de Estado dos Estados Unidos, Henry Kissinger, durante a sua visita ao Brasil, um minucioso relato dos acontecimentos. Seu último ato de coragem que, como alguns outros, a ela própria causava perplexidade: "Sempre fui muito medrosa, mas não sei explicar... é como se uma força interior comandasse os meus atos".


Dona Zuleica era uma mineira que costurava muito bem. E não gostava de copiar figurinos. Veio para o Rio e montou um ateliê de alta costura em Ipanema, frequentado por clientes elegantes que já encontravam as roupas prontas, sem precisar encomendar. Pode-se dizer que ela criou para a alta costura um prêt-à-porter sem repetição de modelos. Com ele, rompeu as barreiras do mercado internacional.
Zuzu Angel mostrou sua moda, caracterizada principalmente pela originalidade, destacando-se por uma linha inspirada em coisas nossas. Em 1970, furou a barreira do mercado internacional, vendendo uma coleção de 55 modelos para o magazine Bergdorf & Goodman.
O Anjo como símbolo da pureza
A partir de 1971, Zuzu alterou as características de sua produção, mudando-se da alta costura para a boutique. Engajada e decidida a protestar pelo desaparecimento de Stuart Angel, em 1971 apresentou em um desfile em Nova Iorque pássaros engaiolados, balas de canhão disparadas contra anjos, figuras de quepes militares e crianças macilentas segurando pombas negras. Foi a metáfora que ela encontrou para simbolizar, no seu trabalho, a história de seu filho.O anjo, como símbolo de pureza e imagem do filho perdido, iria se multiplicar pelas roupas e acessórios.
Beeeeeeeeijos
.::Lara Sousa::.

12 comentários:

  1. eu vi esse filme no cinema..tem 1 ou 2 anos..

    foi antes do 2 filhos de francisco e talz..

    mto bom msm..
    relata bemas historias das antigas...

    belo post..

    ;)

    beijo!

    ResponderExcluir
  2. Amei o blog!
    *-*
    vo ve se alugo o filme na locadora!
    =D

    ResponderExcluir
  3. Retribuindo sua visita.
    parabéns pelo seu Post, Zuzu Angel faz parte da reente história do Brasil, é importante que os jovens conheçam essa história.

    ResponderExcluir
  4. show de bola seu blog, Parabéns

    Visite-me se puder
    http://theocho888.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Bom, não vi esse filme ainda, mas vou baixar agora mesmo...
    Caso o tema da ditadura tenha lhe interessado, sugiro um filme que chama 'Oque é isso Companheiro?' , que na minha modesta opinião, é o melhor filme nacional de todos os tempos..
    Muito legal seu blog, passa no meu depois =)

    ResponderExcluir
  6. Olá lara...lindo blog
    esse filme parece ser daora!!

    bjus
    http://www.produckbr.tk

    ResponderExcluir
  7. A história da Zuzu Angel nos mostra que podemos encontrar forças onde pensamos que não existe!O ser humano é incrivel!!Ele é capaz de mudar,crescer e marcar a história!!Lindo.Amei o texto!!
    Bjus

    ResponderExcluir
  8. legal a historia
    mais não curto muito historias antigas!

    http://netculpada.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. legal,
    não curto filmes de época mais admiro o trabalho desses diretores

    ResponderExcluir
  10. Eu vi esse filme! Definitivamente um dos melhores filmes brasileiros. Meio chocante mais é super legal.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares